Davi, homem segundo o coração de Deus

Muitas coisas se escrevem sobre o porque Davi foi um homem segundo o coração de Deus, já ouvi e acho até que fiz comentários do tipo: “apesar da lambanças de Davi, ele ainda foi considerado um homem segundo o coração de Deus”. Que comentário mais “fail” rsrsrsrs

Porque Davi era um homem segundo o coração de Deus? Simplesmente porque Deus disse que ele era, simples! Deus não nos deu grandes análises do porque, qualquer coisa que se fale ou escreva é pura conclusão própria, erradas? Talvez não, mas o fato é que Deus falou isso antes mesmo de Davi ser rei e em decorrência a desobediência de Saul. 1Samuel 13:13-14 diz que Saul desobedeceu ao Senhor e por isso seu reinado não seria perpetuo em Israel, logo em seguida Samuel diz que o senhor procurou um homem segundo seu coração e o designou líder do povo.

Davi era músico e pastor de ovelhas, literalmente, e nessa posição foi que o senhor estabeleceu o reinado de Davi e o considerou segundo seu coração. Davi nem sonhava que seria rei e muito menos que o Senhor procurou e achou nele alguém segundo seu coração. Isso não é incrível? O que Davi tinha de especial aos nossos olhos? NADA! Nem seu pai considerou que ele pudesse ser o ungido, e apresentou todos os filhos a Samuel, menos Davi.

Sem nem desconfiar, boa parte da vida de Davi foi um treinamento, o temor a Deus, o destemor dos ursos e leões. Ele desenvolveu suas habilidades e caráter enquanto tocava harpa e apascentava ovelhas, tarefas que pra ele eram corriqueiras.

Fico pensando se sou sábia para aprender enquanto vivo e mansa para estar exatamente onde devo nessa hora, sem reclamar. O Senhor nos treina e nos usa de formas que nunca sonhamos. Um dia olharemos para trás e veremos o quanto da nossa jornada se tornou ferramentas nas mãos do Senhor.

Ficar atento e tirar o máximo de aprendizado do presente é o mais sábio a fazer e assim como Davi, ter certeza de quem é nosso Senhor e do seu poder nos fará “matar leões”, “matar ursos” e  “matar golias”.

Ao invés de lamentar sobre nossa posição hoje, pergunte ao Espírito Santo o que podemos aprender, se disponibilize para Seu chamado. Deixe o Senhor te encontrar e dizer “já escolhi alguém pra essa tarefa, alguém segundo o meu coração”.

Lembre-se, Deus não chamou Davi de homem segundo seu coração porque Ele tinha feito tudo como Deus queria, mas o chamou bem antes porque tinha certeza de que Davi faria. Um coração manso e obediente é o que Deus procura.

‘Disse Samuel: “Você agiu como tolo, desobedecendo ao mandamento que o Senhor, o seu Deus, deu a você; se tivesse obedecido, ele teria estabelecido para sempre o seu reinado sobre Israel. Mas agora o seu reinado não permanecerá; o Senhor procurou um homem segundo o seu coração e o designou líder de seu povo, pois você não obedeceu ao mandamento do Senhor ”. ‘ 1 Samuel 13:13-14

‘Depois de rejeitar Saul, levantou-lhes Davi como rei, sobre quem testemunhou: ‘Encontrei Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração; ele fará tudo o que for da minha vontade’ . ‘ Atos 13:22 

Advertisements

Deus é vivo e criativo

adrian-bonifacio-14787.jpg

Gênesis 1:27: “Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus os criou; homem e mulher os criou”.

Dia desses estava na estrada, sozinha, dirigindo, observando e pensando.

Deus disse que fomos criados a sua imagem e semelhança. Dentre tantas características que Deus tem, a criatividade é uma das que mais me encanta.

Você deve estar se perguntando: “o que a estrada e a criatividade tem a ver com sermos a imagem e semelhança de Deus?”.  Eu respondo.

Deus criou muitas coisas lindas (eu e você inclusive), mas se você observar, tudo o que Deus criou tem vida. Tá, existem coisas inanimadas também, mas 99% das coisas tem vida, além disso Ele cria a partir de coisa alguma, enquanto criamos sempre a partir de algum material. Quando digo vida, é vida mesmo. As cores, as formas, as combinações, a interação com o clima, atmosfera e etc são simplesmente maravilhosos.

Por outro lado, como somos a imagem e semelhança de Deus, também somos criativos. Porém, tudo o que criamos são coisas mortas, lindas, mas mortas! A única coisa que geramos, que tem vida, são nossos filhos e essa, a Bíblia diz que é herança do Senhor!

Ok, mas o que a estrada tem a ver com isso? Imagina, a figura, dois “tapetes” (pistas) em cima da terra, um carro que anda em cima desse tapete, porém algo vivo (nós) dentro dentro desse carro, algo vivo embaixo desse tapete, a terra. Nos misturamos com Deus e sua criação a todo momento. A imagem é linda e entrelaça com o auge da criatividade. Os prédios, os carros, as cidades, nossos adornos são lindos também, mas só tem vida quando nos entrelaçamos com o criador/inventor perfeito.

Moral da história, Deus se revela a humanidade através de sua criatividade, sua criação é viva, porque Ele é um Deus vivo e os céus manifestam isso, as estações do ano manifestam isso.

Faça uma lista das coisas criadas por Deus (pra facilitar leia Gênesis 1) e uma lista com o que o homem cria. Você perceberá que a única coisa que geramos e tem vida é a herança de Deus pra nós, nossos filhos.

Observe mais ao seu redor, reconheça os Senhor em todos as coisas.

Perspectiva

Hoje ouvi um pequeno trecho de uma entrevista com o Todd White que explica exatamente a perspectiva que enxergo.

A cruz não é a revelação do meu pecado, mas a revelação do meu valor. Só se paga um alto preço por algo que se tem valor. Exemplo, não pagamos 300 mil por um corte de cabelo, mas pagamos por um apartamento. Ou seja, o pagamento revela o valor de algo. Se Jesus teve que pagar um preço tão alto, é porque o meu valor é alto. Deus me quer e Ele escolheu o meu valor!

Por isso declaro o Salmo 18 de Davi como se fosse meu:

“O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus é o meu rochedo, em quem me refugio. Ele é o meu escudo e o poder que me salva, a minha torre alta”

O Espelho – ainda sobre identidade

Há algumas semanas tenho refletido no texto de Romanos capítulos 6 a 8. Só pra você entender o porque desses capítulos específicos, comecei com o 8 porque alguns versículos sempre falam muito comigo (12-17), depois preparando um estudo li o capítulo 7 porque tinha a ver com o assunto e pra finalizar, na mesma semana estava lendo um livro que colocava o contexto do capítulo 7 junto com o 6. Ah, não posso esquecer que meu filho, que está viajando me mandou naquela semana alguns versículos de Romanos 8. Entendi que estava no lugar certo 🙂

Vou usar um espelho pra explicar o que quero dizer. A Bíblia diz que fomos criados a imagem e semelhança de Deus, quando olhávamos para o espelho, a imagem refletida era exatamente o que era. A humanidade era aquilo que o espelho refletia. Mas quando o pecado entrou na história, o espelho que recebemos foi igual aqueles engraçados que aumentam, diminuem a silhueta, ou seja, temos uma imagem distorcida de nós mesmos. E a partir da imagem que temos no espelho é que começamos a escolher nossas “roupas” e adivinhem, essas roupas ficaram horrorosas em nós, as escolhas foram péssimas.

Esses capítulos de Romanos falam daquele que veio e devolveu o espelho da imagem real e por isso nossas decisões não precisam ser mais baseadas no espelho distorcido. Temos liberdade de usar o espelho perfeito e fazer escolhas a partir dele. Uhuuuuuuu! Problema resolvido. Identidade devolvida!

Sabe qual tem sido o problema disso tudo? É que mesmo tendo o espelho perfeito, as vezes fazemos escolhas baseadas na imagem que temos do espelho distorcido. Que chato hein! Pois é, mas Romanos 8:1 diz “Com a chegada de Jesus, o Messias, o dilema fatal foi resolvido. Os que estão em Cristo não precisam mais viver numa nuvem escura e depressiva. Um novo poder está atuando. O Espírito da vida em Cristo, como um vento forte, limpou totalmente o ar, libertando vocês de uma tirania brutal nas mãos do pecado e da morte.” (A Mensagem)

Assuma sua identidade de um espelho que Jesus deu pra você e não tome decisões a partir de um espelho distorcido.

Lucas 6:26a (A Mensagem)

Tenho pensado em dois temas específicos: IDENTIDADE e ENCONTROS COM JESUS. Agora vou falar sobre o primeiro e em outra oportunidade sobre o segundo.

De acordo com a Bíblia, fomos feitos a imagem e semelhança de Deus, mas num determinado momento fomos corrompidos pelo PECADO, ou seja, o que era perfeitamente formado ficou deformado. Pensa num computador, quando compramos ele está perfeito, funcionando como esperamos que o faça, mas se por um acaso o sistema é afetado por um vírus, o que acontece? O computador fica corrompido e começa a fazer coisas que quando você comprou não esperava, como por exemplo, expor seus dados (Não entendo muito de sistemas, mas sei que o estrago pode ser grande com um vírus rsrsrs). Aí você chama um técnico e ele restaura seu computador e ele volta a funcionar como você espera e gostaria. Isso o livra de pegar novos vírus? Mesmo estando com um antivírus, o risco de corromper ainda existe, certo?

Sobre identidade, o computador deixou de ser computador porque pegou um vírus? O seu propósito foi mudado por conta disso, alguém conhece o computador pelos sintomas virais? NÃO.

Pois é, nossa identidade é mais ou menos isso. Quando Deus nos criou, éramos perfeitos, nos relacionávamos perfeitamente, tudo funcionava bem, até que o vírus (pecado) entrou e estragou, mas deixamos de ser a imagem e semelhança de Deus? Perdemos a nossa origem? Não, mas assim como um computador precisou de um técnico, nós precisamos de Jesus para reencontrar o propósito ao qual fomos criados. Aqueles que receberam Jesus e seu Espírito foram restaurados e os estragos causados pelo pecado foram resetados, não precisamos mais agir como se nosso sistema estivesse afetado, porque somos regidos pelo sistema perfeito e o Santo Espírito (anti vírus) nos capacita a uma vida com um “funcionamento perfeito”.

Jesus fala assim em Lucas 6: 26: “Coitados de vocês que dependem da aprovação dos outros, sempre preocupados em agradar a todos. Essa escravidão compromete a sinceridade”, entre os versículos 35-36 ele fala  “assumam sua identidade, criada por Deus. Procurem imitá-lo”.

É simples, se Jesus é aquele que estava no princípio e se através dele tudo se fez e como disse, a Bíblia fala que fomos feitos a imagem e semelhança deles (trindade), podemos imitar o Deus que se fez homem e habitou entre nós. Temos uma referência.

Nossa identidade está em Jesus, não precisamos nos comportar como a sociedade dita que façamos, nem precisamos ficar escravos de nosso passado e de nossas vergonhas. Porque agora, aqueles que estão em Cristo vestem roupas novas e são novas criaturas. Somos aceitos, somos amados, somos filhos e filhas que podem se relacionar com o Deus Eterno.

Tipo isso!!!!!!!!